Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Resultado de imagem para trump may

Desde que Donald Trump se tornou presidente dos Estados Unidos aconteceram várias coisas (muitas polémicas), mas há uma delas que se destaca. Sem dúvida o encontro hoje entre a primeira-ministra britânica Theresa May e o presidente dos Estados Unidos. A velha aliança entre os Estados Unidos e o Reino Unido está para durar e deverá mesmo ser reforçada na era Trump. Do reunião resultou uma boa sintonia entre os velhos aliados. “Juntos para liderar o mundo” parece ter sido o lema que saiu da reunião, o que deve deixar preocupada a União Europeia. A presidente que vai liderar o Brexit será protagonista de um mundo anglo-saxónico que vai ditar as regras económicas mundiais. Não é por acaso que hoje a chanceler alemã  Angela Merkel e o presidente francês François Hollande apelaram à união na Europa contra "ameaças", numa conferência de imprensa em Berlim. O eixo franco alemão de um lado e a aliança anglo-saxónica (EUA e Reino Unido) do outro. Onde é que ficamos nós? Somos laterais.

Donald Trump é um líder que tem muitas vezes razão (nem sempre), mas não a sabe ter. Ter razão às vezes implica agir sem espalhafato. Fazer sem dizer. Trump não tem essa virtude. Essa é a minha opinião.

Mas se há alguém para quem ele é "mau" é para a União Europeia. Para os Estados Unidos Trump não vai ser "mau". A economia americana não vai ficar para trás, a nação norte-americana não vai ser esmagada, já a União Europeia... 

Confesso que também me assusta o estilo espalhafatoso do empresário pragmático que não tem papas na língua. Sem ceder a trends e ideologias politicamente correctas (nem sempre certas), Trump imaginou uma América de costas voltas para essa "modernidade" de costumes herdada da Europa. Mas o seu estilo poderá ser um entrave à sua governação, porque acaba por perder a razão, mesmo quando a tem. Os métodos de Trump não me parecem nada eficazes. Mas sem dúvida que não são hipócritas. A falta de tacto político pode ser-lhe fatal.

Claro que abomino a ideologia anti-Trump que sob a bandeira da "tolerância" vetam serviços ao presidente dos Estados Unidos, como o episódio do boicote ao costureiro que vestiu a mulher de Trump. Esses são menos perigosos que Donald Trump? Não me parece.

Mas vamos olhar para o que pode ser a era Trump através do que aconteceu hoje na reunião May-Trump. 

Donald Trump e Theresa May estiveram em sintonia na reunião na Casa Branca. A chefe de governo britânica é a primeira líder estrangeira a encontrar-se com Trump depois da tomada de posse do líder norte-americano no dia 20.

Os dois anunciaram que estão de acordo em quase todos os assuntos debatidos, nomeadamente no desenvolvimento de acordos comerciais pós-brexit.

Trump e May também estão também em sintonia no diz respeito à NATO como pilar da defesa do ocidente. No entanto, a primeira-ministra britânica anunciou que irá falar com os lideres europeus para que cumpram a contribuição financeira prometida para a Defesa de 2% do PIB. A verdade é que a Europa sempre descurou a defesa em benefício do Estado Social nos seus orçamentos. Isso pode ter um preço.

Quanto à Rússia, Theresa May afirmou manter a mesma posição com Moscovo, incluindo as sanções por causa das atividades russas no leste ucraniano. Trump por seu lado, disse procurar ter um grande relacionamento com o presidente Vladimir Putin, mas alertou para o facto de isso poder não acontecer. Portanto não é um dogma trumpiano.

Em resposta à questão do regresso a métodos de tortura, Donald Trump afirmou que não depende dele o regresso das chamadas técnicas agressivas de interrogatório, mas sim do secretário da Defesa, James Mattis.

Penso que Trump acabará com o tempo por travar o discurso incendiário, mas não os actos, porque Trump sabe o que quer e está longe de ser o tonto que querem fazer dele. Se isso é uma ameaça ao Mundo? Logo veremos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:18


2 comentários

Imagem de perfil

De António Canavarro a 31.01.2017 às 10:50

Trump não é nenhum tonto, da mesma forma que Hitler também não o era. Com uma excepção norte-coreana, não creio que os ditadores sejam tontos, e muito menos os seus aprendizes: Seja a Sr.ª Le Pen, seja quem for. E é isto o que me assusta tremendamente. Os tontos, Maria, somos nós!
Vou dar um exemplo. Ontem fomos confrontados com o desaparecimento de Brunhilde Pomsel, uma centenária, que foi a secretária Joseph Goebbels, e que num documentário (não sei se para sacudir a água do capote) afirmou: "“ninguém acredita em nós. Todos acham que sabíamos tudo. Não sabíamos nada”! Talvez não soubesse de nada. Ou seja, será que os votantes em Trump sabem o que na realidade ele representa e quais são os perigos da sua administração - Para já os indicadores são a meu ver alarmantes, e particularmente anti-democráticos (quiçá anti-americanos?)
Imagem de perfil

De Maria Teixeira Alves a 06.02.2017 às 02:58

Trump não é nenhum ditador e não é o Hitler

Comentar post




Bloggers convidados

António Canavarro

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •