Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Maria & Alberto

por António Canavarro, em 08.07.15

pcm_alberto_vaz_silva_gf.jpg

 

Ontem não bastou a morte de Maria de Jesus Barroso. Também ontem, pese embora já fosse de há muito expectável, morreu de doença prolongada Alberto Vaz da Silva, o Homem que estava atrás de uma grande mulher - Helena Vaz da Silva.

Estes desaparecimentos de duas pessoas de excepção faz-me pensar na morte. Na sua importância e, principalmente, na sua gestão. Não há sociedade que tenha futuro se não a souber gerir.

De facto a morte é incontornável! Mais cedo ou mais tarde, seja por acidente, incidente, doença ou com a maior das naturalidades, todos haveremos de morrer!

Se é certo que para nós, e enquanto cristãos, a morte passou a ser vida e, crendo Nele, deixámos de morrer. Existem outros casos, em que mesmo os não crentes, por aquilo que fizeram, ganharam por direito próprio à imortalidade. Trata-se, porém, de um processo que  parecendo óbvio não é evidente. Esta imortalidade só é possível se as sociedades tiverem memória, pois é lá que reside a “habilidade” de se viver imortalmente. Daí a importância que tem social e culturalmente os cultos da morte, como daqui reside a importância da educação e da História. Porque, como o referi, uma sociedade sem memória não tem futuro. Definha!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:08


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Bloggers convidados

António Canavarro

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •