Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dá para pensar, não dá?

por António Canavarro, em 16.04.19

57190398_2324272094453724_974412394518282240_n.jpg

A minha mulher é francesa. E os da casa são sempre os últimos a irem visitar os seus monumentos. É uma questão de proximidade.

Um dia, numa tarde fria de domingo fomos, com um casal amigo de Lisboa, à missa à Notre Dame. E a certa ocasião, não me recordo bem porquê - seria no "beijo da paz", o celebrante veio ter connosco e perguntou da nossa proveniência: "somos portugueses", e ele, com uma esbelta figura - não sei se seria à época o Arcebispo de Paris, riu-se: "eu também sou um bocadinho português..." Chamava-se Ornelas. Era descendente de madeirenses.

Disse então: "Aproveitem bem a vossa estadia, vejam a beleza desta catedral, porque nem todas as igrejas -templos – são eternas." Tinha razão!
Por outro lado, o acontecimento trágico de ontem fez recordar o que li em "Toda a história do Mundo - Da pré-história à actualidade, editado pela Teorema há dez anos, e me faz estar com a pele em galinha: “ Sublinhemos que as ruínas não são «naturais». Pensa-se, com frequência, que as ruínas são o resultado da usura do tempo. Mas não é assim. Enquanto uma civilização está viva, trata dos seus monumentos. (…) A Notre-Dame foi construída há sete séculos e parece «como nova». Os monumentos são eternos quando alguém os repara. Na Notre-Dame há sempre um andaime. No dia em que a catedral cair, isso quer dizer que a nossa civilização terá desaparecido." 

Porém, e como nos disse um cientista francês, "como nada se perde, tudo se tranaforma" - e os franceses tem orgulho q,b, um dia ela estará ai, aberta a recber crentes e turistas!

P.S. - Foi para salvar a Notre Dame o que motivou Victor Hugo a escrever "O Corcunda de Notre Dame"

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:31


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Bloggers convidados

António Canavarro

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •