Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Crónica dos Bons Malandros

por Maria Teixeira Alves, em 19.06.15

Ex-representante da Oi na PT preso no Brasil na operação Lava-Jato.

Mais cedo ou mais tarde as pessoas revelam-se. Um dia o BES, pôs a Portugal Telecom a fundir-se com a Oi. Zeinal Bava foi premiado com a presidência da Oi. Os accionistas da Oi e Ricardo Salgado entendiam-se bem, havia cortesia para todos. 

Mais tarde, perante o default da Rioforte que provocou uma perda de 900 milhões na PT em plena integração na brasileira Oi, Ricardo Salgado passou de "bestial a besta" para os brasileiros. Mas os mails trocados foram parar ao Expresso, a provar o quão cínicos eram os brasileiros. Cinismo com cinismo se paga.

O que diziam os mails? O Expresso teve acesso a e-mails trocados entre Sérgio Andrade, presidente do Conselho de Administração da Andrade Gutierrez (accionista da Oi), e Ricardo Salgado, com o seguinte conteúdo: “Caro Sérgio, estou surpreendido com a situação porque certamente o Sérgio se lembra de que o GES teria uma contrapartida equivalente ao benefício das holdings privadas brasileiras no aumento de capital”, o que sugere que o aumento de capital que deu corpo à integração da PT Portugal na Oi tinha permitido ‘limpar’ dívidas dos accionistas brasileiros.  Ricardo Salgado dizia que existia um acordo entre o GES e os grandes accionistas da Oi - a Andrade Gutierrez e a Jereissati Telecom - no âmbito da qual a fusão permitiria a ajudar a "limpar" a dívida das holdings destes dois accionistas. "Como contrapartida", chegou a dizer o ex-líder do BES, a operadora brasileira renovaria as aplicações na Rioforte. Ricardo Salgado sempre disse que estes mails eram verdadeiros.

O que aconteceu a seguir?

Num comunicado de duas páginas publicado a 15 de Agosto de 2014, no jornal Expresso os dois administradores acusam o antigo presidente do Banco Espírito Santo de falsificar os mails e criar informação falsa "ao afirmar que os investimentos realizados pela Portugal Telecom SGPS em títulos da Rioforte eram de conhecimento dos sócios brasileiros da Oi e que, supostamente, faziam parte de um acordo de investimento cruzados".

Ou seja, os brasileiros que desmentiram Ricardo Salgado, que despacharam Zeinal Bava da Oi e que entalaram a Portugal Telecom SGPS com o papel comercial da Rioforte que dizem nunca ter conhecido, estão agora presos no Brasil. Os presidentes das duas construtoras brasileiras Andrade Gutierrez e Norberto Odebrecht, accionistas da Oi, foram presos preventivamente. Otávio Azevedo foi um administrador da PT que desmentiu Ricardo Salgado e participou no afastamento de Zeinal Bava.

Ou seja os brasileiros foram presos antes de mesmo de os crimes do Universo BES terem sido sequer julgados.

A vida é irónica!

publicado às 16:46


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •