Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




"Bem-vinda a Portugal, Amazon", by Miguel Szymanski

por Maria Teixeira Alves, em 27.01.18

Resultado de imagem para amazon alemanha

Numa altura em que os portugueses pulam de contentes com a chegada da Amazon (que vai para o Porto, boa sorte), deixo aqui o testemunho do Miguel que é metade alemão e conhece a experiência alemã da entrada da Amazon:

«No final do ano passado a Amazon abriu o seu décimo primeiro centro de logística na Alemanha e criou dois mil novos postos de trabalho nos arredores de uma pequena cidade. No conjunto, os armazéns da Amazon na Alemanha empregam actualmente cerca de 15 mil pessoas, na maioria empregados a prazo e sazonais.

Desde muito cedo as queixas de funcionários da Amazon, dos sindicatos, de ONGs e nos tribunais de trabalho começaram a denunciar o clima de 'repressão', a 'cultura de seita', o 'controlo orwelliano' (por exemplo com repreensões e descontos salariais por pausas de mais de três minutos para ir à casa de banho), as violações sistemáticas da legislação referente a horários de trabalho e desrespeito por acordos salariais do comércio.

Mais de cinco centenas de escritores alemães denunciaram numa acção conjunta as manipulações e práticas abusivas da Amazon para prejudicar editoras e pressionar descontos dos autores.

A marca de calçado Birkenstock foi a mais recente a retirar-se da Amazon por a multinacional colaborar com empresas que vendem produtos de contrafacção.

No comércio tradicional desapareceram nos últimos anos mais de cem mil postos de trabalho. Nos centros de muitas pequenas e médias cidades alemãs, onde antes havia comércio local tradicional, as pequenas lojas fecharam e abriram salões de jogos, casinos e casas de fast-food.

A Amazon manteve, de acordo com a comissária para a concorrência da Comissão Europeia, durante mais de dez anos um acordo fiscal secreto e ilegal com o Luxemburgo, onde declarava a quase totalidade dos seus lucros obtidos na Alemanha, fugindo assim à tributação alemã. A Amazon é acusada de funcionar também como plataforma comercial para empresas que cobram IVA mas não o entregam a nenhum estado.

Tudo isto indica que a Amazon se vai dar muito bem em Portugal».

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:21




Bloggers convidados

António Canavarro

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •