Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A estratégia entre carne picada o azeite e os pães...

por António Canavarro, em 15.07.19

 

O Português, sempre que consegue um feito de registo regozija de alegria, como se tivesse regressado aos tempos áureos: mas a História não se repete.

Depois do 25 de Abril, e com uma mão à frente e outra atrás, regressamos à casa de partida e a história foi-se, como o vento a tivesse levado.

Estamos, desde meados da década de 80 na Europa: mais por uma questão de barriga, do que de cabeça, pese embora – e nem devo ser o único a pensar assim – reconheça que o único caminho é mesmo uma rota para o federalismo, desde que este seja um sentimento generalizado. Também defendo – já foi defendido no século XIX – uma União Ibérica. Não com a Espanha, tal qual a conhecemos mas com todos os povos que compõe a Península; era bom para nós, e um “rastilho” para as demais nações europeias – e não “Estados Nação” que compõe o que é hoje a União Europeia, i.e., em que cada um tenho o direito de escolher o caminho a seguir.

Isto vem a propósito de um ensaio, comprado entre 1 quilo de carne picada, 1 litro de azeite e  um par pães: chama-se “ Pode Portugal  ter uma estratégia?”, escrito por Bruno Cardoso Reis. Só espero que seja suculento: Portugal precisa de uma estratégia, de uma estratégia (ainda não li o livro, que farei numa viagem ao norte) que passa invariavelmente por Bruxelas e os eurocratas.

O ensaio naturalmente tem a chancela da Fundação Francisco Manuel dos Santos

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:02
editado por Maria Teixeira Alves às 22:14


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Bloggers convidados

António Canavarro

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •