Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O meu palpite

por Maria Teixeira Alves, em 26.11.10

Anteontem saiu para os jornais que o Ministro das Finanças convocou os banqueiros dos quatro maiores bancos. Depois desmarcou.

 

O meu palpite é que Teixeira dos Santos queria "partilhar" com os banqueiros a pressão que tem sofrido da União Europeia para pedir ajuda ao FMI. E queria saber que tipo de consequências poderia isso vir a ter para a capacidade de financiamento dos bancos portugueses. É só um palpite.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:06


2 comentários

Sem imagem de perfil

De António Pereira de Carvalho a 26.11.2010 às 13:46

A "solidão do poder" é uma coisa lixada. Para quem tem princípios e valores sólidos e uma cabeça arrumada, a tarefa deve estar mais simplificada, mas mesmo assim dolorosa. Para quem se põe a tratar "o sagrado como se fosse um negócio", deve ser um inferno saber o que fazer e aí ter "parceiros" de infortúnio será sempre confortável. Agora que o orçamento está provado também me palpita que António Borges e os seus amigos já estão a fazer as malas.
Sem imagem de perfil

De francisco domingues a 27.11.2010 às 12:07

A propósito deste e de outros comentários, oportunos e justificados que sejam, gostaria de propor a M.T . Alves um desafio: não fazer o que muitos jornalistas fazem, ou por incompetência ou por quererem apenas escândalos e protagonismo, mas: 1 - colocar perguntas contundentes, deixando responder e não desistindo da resposta, aos que nos "desgovernam"; 2 - apresentar alternativas a muitas coisas que necessitam absolutamente de ser mudadas em Portugal e no mundo: o sistema presidencial com o seu dispendioso séquito; o sistema político-partidário que é uma farsa de democracia já que o povo apenas elege o que está disponível: mau, obviamente; a assembleia despesista e com pelo menos 50 deputados a mais; os modelos económico-financeiros em que os bancos são os intermediários mais caros com que se defrontam as economias a nível global, em Portugal também, obviamente; o sistema de justiça com leis que ninguém entende e cheias de subterfúgios, o que faz as delícias e as fortunas do advogados, quase sempre conseguindo salvar, assim, os criminosos; o sistema de saúde que não pode ser igualitário, pois dever-se-á pagar de acordo com as suas posses (neste momento, numa consulta em hospital público ou centro de saúde, tanto paga o que ganha 500 como o que ganha 5000 ou mais, a miserabilíssima taxa moderadora que ronda 1 ou 2 Euros); e tantos outros temas, fazendo jornalismo de investigação não para descobrir, por exemplo, casos de corrupção, pois nada adianta com a justiça que temos - os corruptos são descobertos, são julgados culpados mas... são absolvidos! - mas para propor formas de evitar a corrupção em todos os sectores da actividade sobretudo estatal, etc., etc. etc.
Como parece que esta é uma batalha dificilmente de ganhar, o combate trerá de ser persistente, quotidiano para alertar as consciências de um povo que precisa de bater com a porta e, por exemplo, não ir votar em massa no único acto em que é livre de exprimir a sua opinião e o seu descontentamento. Isso, sim, isso seria jornalismo de primeiríssima classe! (Aliás, para que ir votar nas próximas eleições presidenciais? Faz diferença estar lá este ou aquele?!...)

Comentar post




Bloggers convidados

António Canavarro

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •