Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Calvin, o misantropo

por Maria Teixeira Alves, em 31.05.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:40


6 comentários

Sem imagem de perfil

De francisco domingues a 01.06.2012 às 15:47

Olá, Maria Teixeira Alves!
Para não continuarmos a ser como "cães que ladram e a caravana - eles! - passa!", temos que jogar o "jogo democrátrico" para termos alguma esperança de que isto mude. Assim, escrevi um texto para divulgar e enviar à Ministra da Justiça (alterável, mas este está optimizado quanto ao tamanho) sobre três últimas ocorrências. Se todos enviarem...
É fácil (desculpem as dicas): 1 - Net 2 - Google 3 - Governo de Portugal. 4 - (No fundo) Ministério da Justiça 5 - (Lado direito ao fundo) Contactos 6 - Escolha um destinatário (seta) Gab. Ministra 7 - Entrar em contacto 8 - Preencher e enviar o texto (previamente guardado em Ctrl/C) 9 - (No topo) Confirmar envio.
Abr. e reenvia para os teus conhecimenos.

Texto:
Srª Ministra,

Só a Srª Ministra pode alterar a vergonhosa situação! Ficará sujeita a fortes reacções por parte dos lobbies de advogados e seus apaniguados, mas ficará conhecida para a História como a Mulher-Coragem, Ministra da Justiça que pôs ordem na vergonhosa situação herdada. Veja:

1 – A CP vai fazer greve e o Tribunal arbitral não obrigou os trabalhadores (uns dos mais bem pagos e com mais regalias do país, tal como os da Carris e da Transtejo!) a assegurarem os Serviços mínimos, afixando antecipadamente os respectivos horários. Todos os utentes ficam, assim, nas mãos de uns quantos portugueses a quem pouco interessa o bem da comunidade!

2 – A lei processual penal prevê que se recorra de tribunal em tribunal, chegando ao Constitucional, tendo-se sido condenado, em julgamento, na 1ª Instância, 2ª Instância, Supremo, Constitucional e, depois, se faça prescrever o “caso”, com a habilidade dos advogados que fizeram as leis a troco de milhões pagos pelo Estado (Caso Isaltino).

3 – Já há uma lei que condena os políticos que lesaram o Estado enquanto governantes, mas que nunca foi aplicada. Então, aplique-se ou, se não é suficiente, aperfeiçoe-se! As PPP são caso de manifesta corrupção com lesão do Estado em muitos milhões: só para os advogados fazerem os contratos com as PPP (contratos que deviam acautelar o interesse público, mas que, só com o Sec. Est. das OP, Paulo Campos do PS, lesaram o Estado em mais de 700 milhões!) o Estado pagou 350 milhões! E ninguém é levado a tribunal?

Urgente:

1 – Lei que obrigue automaticamente a respeitar serviços mínimos (generosos!) sempre que os sindicatos decretem uma greve, com penas severas para os incumpridores (por ex., 1 ano sem vencimento).

2 – Alteração do Cód. do Proc. Penal para que o recurso sobre a condenação em 1ª Instância só seja admitido, como excepção e não como regra, apostando-se mais na figura “corpo de jurados” cuja decisão corroborará a do colectivo de juizes.

3 – Anulação/renovação dos contratos do Estado com as PPP, com a desblindagem coerciva dos mesmos “contratos blindados”, com um tipo de lei semelhante à que obriga, em nome dos Superiores Interesses Públicos, a expropriações de bens particulares.

4 – Que a lei que condena os políticos por gestão danosa, actualmente em vigor, seja aplicada e com penas suficientemente dissuasoras da corrupção e compadrio (por ex., indemnização do Estado, do montante “desviado” para os bancos e concessionárias e impossibilidade de jamais exercer cargo político).
Imagem de perfil

De Maria Teixeira Alves a 03.06.2012 às 03:30

Francisco, boas sugestões!

Comentar post




Bloggers convidados

António Canavarro

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •