Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Espartaco

por Joana Mello, em 30.05.11

Ando a ver esta nova série da Fox, «Espartacus». Não é especialmente boa, nem especialmente má e é suficientemente fiel à documentação histórica sobre essa outra profissão mais antiga do mundo: o gladiador (que tanto origina em guerreiros mercenários como desemboca em jogadores de futebol).

A violência é estética qb (o sangue é jorrado num efeito propositadamente fictício) de modo a que não seja necessário que o telespectador feche os olhos durante os combates, e se o sexo é bastante realista será porque já ninguém se importa com a explicitude. De qualquer forma aconselha-se viewer discretion. Confesso que o que me levou a ver o primeiro episódio foi a perfeição simétrica da cara do actor que anda por aí nos placards de rua, com muito mais appeal que o gladiador original Kirk Douglas, no entanto, depois de filmado, vê-se que não tem a mesma potência esteroide de Douglas.

A receita de Hollywood para nos identificarmos com prostitutas ou gladiadores é sempre a mesma: são obrigados a aderir à velha profissão para alimentar os filhos ou salvar amados, de qualquer modo uma boa dose de violência estaminal faz-me sempre bem para sair da apatia de domingo à noite e enfrentar a arena da semana de trabalho. Por outro lado continua a ser simpático ver homens desviarem-se com destreza de uma matraca de ferro com picos só pelo amor de uma mulher, sobretudo porque hoje dificilmente nos emprestam um chapéu-de-chuva. E depois há todas as outras personagens e situações cujo protótipo ainda vigora, os que têm sede de poder, os manipuladores, os que promovem uma gestão danosa para viver na aparência de riqueza, etc.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:33


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Bloggers convidados

António Canavarro

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •