Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Coisas que se pudesse voltar atrás faria diferente

por Maria Teixeira Alves, em 17.06.22

IMG_8954.JPG

A primeira coisa que faria de maneira diferente tem a ver com a escolha da primeira casa. Compraria uma casa maior e sobretudo um casa com uma sala maior. Com o tempo percebemos que nossa a casa ganha um importância maior na nossa vida.

A segunda coisa que faria diferente é que teria poupado mais. Teria criado uma poupança de longo prazo. Foi um erro da minha geração achar que Portugal ia sempre melhorar economicamente. Mais. Continua a ser um erro de cálculo achar que o mundo caminha sempre para melhor. Não é verdade, como o demonstra a série consecutiva de crises de que somos alvo desde 2008.

Outra coisa que recomendo é que não comprem nada em prata. Livrem-se de todas as pratas, porque ficam pretas e o preço de venda (caso queiram livrar-se delas) é uma décima do preço da compra. Só se compra ou se mantém pratas por "amor", porque de resto é pior do que comprar um carro que começa a desvalorizar no dia que sai do stand, com a diferença que o carro compensa em utilidade e conforto, ao contrário das pratas. Estão a ver os fios de prata, brincos de prata? Esqueçam, ficam pretos. Mais vale o ouro.

Nunca, mas nunca, comprem cadeiras de palhinha para a casa de jantar. É um erro que eu cometi. As cadeiras de palhinha, de tempos a tempos, precisam de ser empalhadas e é tão caro que é o mesmo que passar a vida a comprar as mesmas cadeiras.

Também recomendo que nunca peçam a reavaliação das vossas casas para efeitos de IMI. Eu, que sempre sigo a minha intuição, decidi um dia seguir um conselho de um amigo que me recomendou a reavaliação para efeitos de IMI, porque, disse-me ele, "ia pagar menos". Erro total, pedi a reavaliação e estou a pagar mais.

Nunca contrariem a vossa intuição, é nela que reside a sabedoria.

Outra coisa que faria diferente é que ter-me-ia esforçado para investir numa experiência profissional fora de Portugal, para além de que teria investido mais em formação, por exemplo num mestrado em economia e gestão.

Concluo dizendo que recomendo que nunca devemos fazer planos para a vida, para não estragar os planos que a vida tem para nós. Por exemplo, nunca tomar decisões a pensar que a vida vai mudar quando casarmos porque pode nunca chegar a acontecer (love is a losing game most of the time).

Outra coisa que eu teria mudado tem a ver com os circuitos de amigos. Teria evitado muitos dos que se cruzaram comigo na adolescência e idade adulta. Ou seja, teria escolhido melhor os amigos e os grupos. Já chega aquelas pessoas, que por força das circunstâncias, entram na nossa vida contra a nossa vontade.

Bom, há, de certeza, muitas mais, mas por agora é o que me ocorre.

 

publicado às 23:15

Agustina once again

por Maria Teixeira Alves, em 11.06.22

“A mulher forte da Bíblia, austera, paciente, que faz do amor um contraveneno das próprias desilusões. Qualquer ficção a diminui e não a retrata”. Agustina, claro

publicado às 00:02



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •