Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Darwin, Uruguai e outras coisas mais

por Maria Teixeira Alves, em 14.12.13

Acabo de ver um filme uruguaio, Rincón de Darwin, que recomendo. Belíssimo filme, sobre a vida, o amor, as rotinas, as oportunidades perdidas e Darwin (sim o da teoria da evolução). Vi no Cinema São Jorge, a propósito da semana da América Latina, espero que venha para o circuito comercial, porque é uma comédia que vale muito a pena:

publicado às 00:25

Tal & qual

por António Canavarro, em 13.12.13



"Quando eu era pequeno ninguém morria. Porque carga de água se morre agora, pelo simples facto de eu ter crescido?"

 

Não gostando da sua escrita identifico-me com o texto e, muito em particular, com este excerto.

Irra... Ser crescido é mesmo uma grande  merda!


publicado às 22:07

Uma história sem comentários

por António Canavarro, em 13.12.13

Encontrado aqui

publicado às 19:59

Nadir Afonso: De Chaves para o mundo

por António Canavarro, em 13.12.13

 

Entre tantos afazeres esqueci-me, na altura da sua morte, de deixar a minha homenagem a Nadir Afonso. Um flaviense que, por direito próprio foi um cidadão do mundo|

publicado às 15:42

Dizem que é uma espécie de fábula...

por António Canavarro, em 12.12.13

 

Será que através dos animais poderemos retratar situações próximas à nossa realidade e à nossa condição humana? Seguramente que sim. Este é o propósito das fábulas que desde sempre povoaram o nosso imaginário.

Eu não sou um Esopo nem tampouco um La Fontaine, mas se calhar graças a uma anestesia que me fizeram esta tarde, na capital, cheguei a uma ideia – ou será conclusão - de que gostaria de partilhar convosco, e que, por falar em animais, tem a ver com cães e gatos.

O meu fito é situar estes animais no espectro político e ideológico, pedindo desde já aos mais comuns dos animais de estimação as devidas desculpas por tamanho atrevimento...

Vamos lá então. Os gatos, por serem mais individualistas e autónomos, estão na política como os liberais. Por seu lado, os cães, pelas suas características, ou seja, enquanto animal "superdependente", é um esquerdista! Ou seja, e de forma sintética: enquanto os primeiros fazem-se à vida. Os cães esperam que a vida venha ter com eles. Aliás, e bem vistas as coisas, não é verdade que uma mantilha - e vemos muito desta situações quando os cães vadios, i.e., seguindo o seu instinto sexual, seguem as cadelas com cio - parece uma metaforicamente uma manifestação política, algo totalmente impensável com os gatos?

 

Nota final, e dirigida aos fiéis amigos: Não estou a dizer que os "esquerdistas são uns cães", porque, desta forma, estava a desagradável com estes amigos de quatro patas, correndo o sério risco de os ter a morderem as canelas!

publicado às 18:43

BCE-OT-Bancos: Quadratura do círculo

por Maria Teixeira Alves, em 12.12.13

O BCE quer introduzir alterações regulatórias, para travar a compra de dívida pública por parte dos bancos europeus, através do recurso ao financiamento junto do BCE, exigindo a constituição de uma reserva de capital para cobrir os riscos da sua carteira de crédito.

 

Em entrevista ao FT, Peter Praet, membro da comissão executiva do BCE, argumentou que caso as obrigações do tesouro sejam tratadas “de acordo com o risco que representam para os bancos” na avaliação de activos das instituições, provavelmente os bancos não utilizarão tanta liquidez do banco central para reforçar as suas posições em dívida pública.

 

Esta medida poderá ter um impacto “potencialmente negativo” para os bancos portugueses, que mantêm 23,3 mil milhões de euros aplicados em dívida soberana, considera o Caixa BI.

 

P.S: Sempre aquela sensação de déjà-vu...

publicado às 09:20

Os accionistas dos dividendos

por Maria Teixeira Alves, em 11.12.13

Goldman Sachs e Deutsche Bank com 7% dos CTT... pelo menos até à distribuição dos dividendos

 

O que leva o norte-americano, Goldman Sachs Group, a comprar 4,998% dos CTT (isto representa um investimento de 41,4 milhões de euros) e o alemão o Deutsche Bank a adquirir cerca de três milhões de acções na venda directa (antes da estreia em bolsa), ficando, assim, com 2,04% dos CTT, num investimento de 16,9 milhões de euros?

A resposta é simples: São os 60 milhões de euros de dividendos, que o Governo, no prospecto de privatização, prometeu distribui já em 2014, por conta do exercício deste ano.

Que melhor maneira de ganhar dinheiro quando se tem montantes significativos para investir? As acções ainda por cima continuam a cotar acima da privatização (estão a 5,77 euros o que comprara com 5,52 euros da venda inicial) pelo que não há senão ganhos à vista para estes investidores. No entanto, e apesar dos CTT terem prometido tentar no futuro vir a distribuir sempre 90% dos lucros, como este compromisso pode alterar-se, é muito provável que, após a distribuição dos dividendos, estes accionistas (e outros que tais) vendam as acções dos CTT. Há ao fundo do túnel a ameaça de uma queda forte dos títulos após a distribuição dos 40 cêntimos por acção que ocorrerá na primeira metade de 2014.


publicado às 18:22

Na Lua

por António Canavarro, em 11.12.13

 

Os verdinhos não estão em Marte. Estão na lua! E perante este cartoon, que como sempre é feito pelo melhor e mais acutilante cartoonista da praça, os lagartos na sua incontrolável alegria (até parece que ganharam tudo…) prestam-se a dizer no Facebook, porque também eles partilham os seus orgulhos: “roubei”. Roubaram? Meus queridos amigos, pois eu tenho lagartos que são meus amigos - tenham cuidado e não se queimem com os foguetes antes da festa! Convém recordar que o "bandido mor" ainda anda adormecido, já que os seus árbitros ainda não deram o ar de sua (des)graça!

 

Também publiquei aqui 

publicado às 17:34

Mais um Pim

por António Canavarro, em 11.12.13

E desta feita é para a FIFA!

 

publicado às 11:30

Coisas do meu avô

por António Canavarro, em 11.12.13

O meu avô paterno gostava de ir a funerais, até de pessoas que conhecia vagamente. Dizia que era o melhor sitio para ver pessoas vivas. Se calhar foi isso (também) que levou Barack Obama a deslocar-se às exéquias do Presidente Mandela, nem que seja para apertar a mão a Raul Castro e confirmar que o ilhéu comunista "está vivo"!

 

  

 

publicado às 10:45




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •