Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




The new intelectual

por Maria Teixeira Alves, em 25.11.13

A cozinha é a nova intelectualidade. Os programas de culinária são hoje os documentários preferidos da elite. Já tinham reparado?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:01

Portugal, o país das "Troikas"

por António Canavarro, em 25.11.13

 

Deixo aqui a minha homenagem ao Coronel Jaime Neves, falecido no passado mês de Janeiro, e a todos que, como ele, possibilitaram o 25 de Novembro de 1975.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:55

Já tardava...

por António Canavarro, em 25.11.13

 

Há tempo para tudo. Até para se fazer a homenagem que tardava!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:28

Escrito na pedra

por António Canavarro, em 25.11.13

 

«Não pode haver tolerância nem diálogo com pessoas que nos dirigem 'slogans' injuriosos»

Mário Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:16

Bem pagos se faz favor

por António Canavarro, em 24.11.13

 

Cristiano Ronaldo, como outros eleitos, ganham fortunas por darem pontapés na bola. Dizem que é um exagero, quando milhares de pessoas, entre eles colegas de profissão, ganham “tostões”. Haverá algum mal nisso? Não, não há! O mérito, seja no desporto ou na gestão de empresa, tem que ser pago e bem pago. A ideia peregrina, à esquerda, que os salários tem que ser nivelados leva ao miserabilismo e ao desleixo. Os bons profissionais tem que ser respeitados, e portanto bem pagos! É,assim, com agrado que acabo de saber que a democracia mais autêntica, a Suíça, recusou, por uma larga maioria, os limites aos salários milionários.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:26

O Português segundo Agustina

por Maria Teixeira Alves, em 24.11.13

«Prefere ser um rico desconhecido, a ser um herói pobre. É melhor do que parece. O homem português é dissimulado, e faz da inveja um discurso do bom senso e dos direitos humanos.
Mas é também um homem de paixões moderadas pela sensibilidade, o que faz dele um grande civilizado.
Gosta das mulheres, o que explica o estado de dependência em que as pretende manter. A dependência é uma motivação erótica.
É inovador, mas tem pouco carácter, como é próprio dos superiormente inteligentes, tanto cientistas, como filósofos e criadores em geral.
Mente muito, e a verdade que se arroga é uma culpa inibida. Vemos que ele se mantém num estado primitivo quando defende a sua área de partido, de seita e de família, à custa de corrupções e de crimes, se for preciso.
Gosta do poder mas não da notoriedade. Não tem o sentido da eternidade, mas o prazer da liberdade imediata. Não é democrata; excepto se isso intimidar os seus adversários.
Não tem génio, tem habilidade.
É imaginativo mas não pensador.
É culto mas não experiente.
Não gosta da lei, porque ela desvaloriza a sua própria iniciativa. É místico com a fábula e viril com a desgraça. 
Admira mais a Deus do que tem fé nele.»


Caderno de Significados


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:43

Aforismo de Nietzsche

por Maria Teixeira Alves, em 23.11.13

«Cada pessoa tem de escolher quanta verdade consegue suportar»


«O castigo é feito para melhorar aquele que castiga»


«Aquilo que é feito a partir do amor acontece além do bem e do mal»



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:15

Dívida do BES a 10 anos inclui risco sucessão?

por Maria Teixeira Alves, em 21.11.13

O Banco Espírito Santo emitiu hoje dívida subordinada de 750 milhões de euros. Em comunicado, o BES explica que "a operação, colocada junto de cerca de 300 investidores (mais de 95% são estrangeiros), tem maturidade de 10 anos e “opção de reembolso antecipado no 5.º ano, com um cupão de 7,125%”.

 

Pergunta quase pertinente: Será que os juros pagos aos investidores já reflectem o risco da sucessão de Ricardo Salgado prevista para daqui a três anos?

 

Voltando à vaca fria: Esta é uma emissão Tier II, portanto reforma o rácio de solvabilidade no todo, mas não o Core Capital. 

Com isto o banco pretende reforçar os rácios de capital, e deverá aumentar o rácio de solvabilidade total do BES, que em Setembro estava em 11,1%, para 12,3%.  "No contexto dos novos requisitos de capital estabelecidos na CRD IV/CRR, esta transação representa um novo passo na estratégia do Banco de reforçar os seus rácios de solvabilidade, ao mesmo tempo que diversifica a sua base de capital e financiamento".


Entre os subscritores destacam-se as presenças de investidores dos EUA (14%), da França e de Inglaterra que somam 50% do bolo total.  

O BES é sempre o pioneiro do sistema nacional a emitir dívida, devem isso a Amílcar Morais Pires. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:44

Um bom filme "mais ou menos"

por Maria Teixeira Alves, em 21.11.13

Antes que comecem a insultar-me por destacar aqui o filme About Time, tenho a dizer: Ok, eu sei que não é um bom filme. Mas é um filme quase bom, ou melhor, um bom filme "mais ou menos". A fazer lembrar o saudoso "Quatro Casamentos e um Funeral", ou não fosse do mesmo realizador (Richard Curtis). About Time vale a pena pelo espírito pirueta, pela boa música, pela tentativa de chegar a ser uma excelente comédia britânica, pela estética das relações humanas. E há que dizer, finalmente um filme que não cai no realismo grotesco, tão em voga. Não é um bom filme, não, não é, mas está quase lá e não deixa de ser uma comédia romântica britânica, bem filmada.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:22

Já enjoa

por António Canavarro, em 21.11.13

 

Vivemos num mundo louco, onde as pessoas perderam a noção de razoabilidade! Se é certo que a atitude da Pepsi sueca é inexplicável, e um erro de marketing gigantesco com custos incalculáveis, que afectou a imagem da marca, como se pode ler neste artigo do Público, as reacções que têm ocorrido um pouco por todo o lado também não lembram a ninguém. Aliás, se há alguém com motivos de queixas esse é o Cristiano Ronaldo, que, no sitio certo, como só ele sabe, pôs a Pespsi e os suecos e sentido! Para os demais... bebam alka seltzer ou outros sais de fruto, que a azia passa! 



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:19




Bloggers convidados

António Canavarro

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •