Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Afinal há futuro em Alvalade...

por António Canavarro, em 21.06.13

 

... é negro!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:02

NYT sarcástico

por Maria Teixeira Alves, em 21.06.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:34

Coisas que um dia escrevi

por Maria Teixeira Alves, em 20.06.13

 

«Um dia, lá para os inícios da década de 90, António Champalimaud convidou-o para Administrador da Mundial Confiança, no dia a seguir à privatização da seguradora, e Carlos Santos Ferreira apressou-se a anunciar que era socialista, filiado no PS desde Maio de 1974. O industrial, ícone do capitalismo do Estado Novo, respondeu-lhe "e o Senhor Doutor acha que eu nunca tive gente do Reviralho a trabalhar para mim? Pergunte aos seus camaradas Zenha e Palma Carlos".»

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:47

Escrito na pedra

por António Canavarro, em 19.06.13

O Riso é o Melhor Indicador da Alma


"Acho que, na maioria dos casos, quando uma pessoa se ri torna-se nojento olharmos para ela. Manifesta-se no riso das pessoas, na maioria das vezes, qualquer coisa de grosseiro que humilha a quem ri, embora essa pessoa quase nunca saiba que efeito o seu riso provoca. Tal como não sabe (ninguém sabe, aliás) a cara que faz quando dorme. Há quem mantenha no sono uma cara inteligente, mas outros há que, embora inteligentes, fazem uma cara tão estúpida a dormir que se torna ridícula. 
Não sei por que tal acontece, apenas quero salientar que a pessoa que ri, tal como a pessoa que dorme, não sabe a cara que faz. De uma maneira geral, há muitíssimas pessoas que não sabem rir. Aliás, isso não é coisa que se aprenda: é um dom, não se pode aperfeiçoar o riso. A não ser que nos reeduquemos interiormente, que nos desenvolvamos para melhor e que superemos os maus instintos do nosso carácter: então também o riso poderá possivelmente mudar para melhor. A pessoa manifesta no riso aquilo que é, é possível conhecermos num instante todos os seus segredos.

 

Mesmo o riso incontestavelmente inteligente é, às vezes, abominável. O riso exige em primeiro lugar sinceridade, mas onde está a sinceridade das pessoas? O riso exige a ausência de maldade, mas as pessoas, na maioria dos casos, riem com maldade. Um riso sincero e sem maldade é uma pura alegria, mas, nos tempos que correm, onde está a alegria? E poderão as pessoas ser alegres? 
A alegria é um dos mais reveladores traços humanos, basta a alegria para revelar as pessoas dos pés à cabeça. Por vezes não há meio de percebermos o carácter de uma pessoa, mas basta ela rir para lhe conhecermos o feitio como às palmas das nossas mãos. Só as pessoas desenvolvidas do modo mais elevado e feliz sabem ser contagiosamente alegres, de uma maneira irresistível e benévola. Não falo de desenvolvimento intelectual, mas de carácter, do homem como um todo. Portanto: se quiserdes compreender uma pessoa e conhecer-lhe a alma não presteis atenção à sua maneira de se calar, ou de falar, ou de chorar, ou de se emocionar com as ideias mais nobres, olhai antes para ela quando se ri. Ri-se bem - é boa pessoa. 

Observai depois todos os matizes: por exemplo, é preciso que o riso não pareça estúpido, por mais alegre e ingénuo que seja. Mal detecteis a mais pequena nota de estupidez num riso, ficai sabendo que a pessoa que assim ri é intelectualmente limitada, apesar de deitar cá para fora um sem-fim de ideias. Mesmo que o riso não seja estúpido, se vos parecer ridículo, nem que seja um pouquinho, ficai sabendo que não há na pessoa que o ri uma verdadeira dignidade, pelo menos uma dignidade suficiente. Por último, notai que, mesmo que um riso seja contagioso mas por qualquer razão vos pareça vulgar, também a natureza dessa pessoa é vulgar, que toda a nobreza e espírito sublime que tínheis visto nela ou são fingidos ou imitados inconscientemente, e que essa pessoa, no futuro, mudará inevitavelmente para pior, dedicar-se-á ao «útil», abandonando sem pena as ideias nobres como sendo erros e paixões da juventude. 

(...) Apenas entendo que o riso é a mais certeira prova da alma. Olhai para uma criança: só as crianças sabem rir com perfeição, por isso são fascinantes. É abominável a criança que chora, mas a que ri alegremente é um raio do paraíso, é o futuro do homem quando ele, finalmente, se tornar tão puro e ingénuo como uma criança." 

Fiodor Dostoievski, in 'O Adolescente'

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:40

A Europa aperta o cinto

por Maria Teixeira Alves, em 18.06.13

Uma seleção dos melhores cartoons da imprensa mundial, no Courrier Internacional. (Ilustração de Martirena, Cuba)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:54

Brasil em rota de colisão

por Maria Teixeira Alves, em 18.06.13

Uma vez, em 2011, numa daquelas conversas sobre tudo e nada com um banqueiro, ouvi que daqui a 15 anos o Brasil vai enfrentar uma crise. Porque hoje tem um modelo social caríssimo (serviços sociais) e não tem uma estrutura produtiva que o sustente. 

É expectável que todo o boom brasileiro vá acabar num grande sarilho social. Há pessoas todos os dias a passar para a classe média a crédito. O nível de vida no Brasil é altíssimo. O crédito empolou a procura. 

Se no tempo do Lula (2003-2010) o crescimento anual do PIB rondava os 4%, teme-se que este o ano o crescimento esteja perto do 0%.  O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro fechou 2012 com crescimento de 0,9%. O resultado ficou abaixo do PIB de 2011, que avançou 2,7%.

Os economistas dizem que “o Brasil precisa enfrentar obstáculos domésticos, incluindo infraestrutura frágil, distorções no mercado de trabalho, falta de habilidade de gestão, entre outros". Mas a insatisfação da nova classe média, e esta característica do povo brasileiro de se unir em massa em torno de um movimento ou uma causa, estão a pôr a nú o flop que é a Dilma como chefe do governo do país do samba.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:08

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:03

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:01

Linhas cruzadas que a vida nos oferece

por João Castelo-Branco, em 17.06.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:59

S/Título

por João Castelo-Branco, em 17.06.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:58




Bloggers convidados

António Canavarro

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •