Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Cartoon à americana

por António Canavarro, em 17.04.18

Maravilhoso e incisivo este cartoon de Brendan Loper na edição de hoje do New Yorker!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:47

Visões

por António Canavarro, em 16.04.18

“Por vezes basta olhar de outra maneira para ver melhor”

Paul Virilio

 

Vem a propósito das leituras, sempre divergentes, a respeito da acção militar contra o regime de Damasco.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:48

Momento Greenpeace

por António Canavarro, em 09.04.18

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:42

IMG_1020.jpg

 

Novela 1 - Lula

Os portugueses estão a viver intensamente a evolução do processo judicial do Lula da Silva. Os telejornais acompanham ao minuto, choram com os apoiantes do Partido Trabalhista (de esquerda, claro). Os comentadores nem tentam disfarçar que são independentes na análise. São verdadeiros activistas contra os tribunais e a favor da libertação de Lula. A maioria da esquerda (UGT até fez um comunicado) portuguesa sofre genuinamente com a condenação do ex-presidente do Brasil, membro do partido trabalhista (de esquerda, claro). Pedem que a lei não seja cumprida. Isto é, que Lula da Silva não seja preso após o julgamento de todos os recursos na segunda instância. Estão revoltados contra a decisão do juiz federal Sérgio Moro que deu um prazo até as 17 horas desta sexta-feira, dia 6, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para se apresentar "voluntariamente" à Polícia Federal em Curitiba, que é a polícia encarregue da investigação da Operação Lava Jato.

Tudo porque o Luiz Inácio Lula da Silva alegadamente "tirou milhões de pessoas da pobreza durante seus dois mandatos como presidente do Brasil" (esquecem-se de dizer que foi tudo a crédito bancário). Mas Lula é o herói dos trabalhadores. No entanto também comandou um dos governos mais corruptos na história do país. Mas isso a esquerda prefere não acreditar.

Lula foi condenado (e bem) a 12 anos e um mês de prisão no processo do caso triplex do Guarujá. Ou seja, a justiça provou que Lula recebeu cerca de 3,7 milhões de reais em subornos da construtora OAS, num triplex do Guarujá, num esquema relacionado com a empresa brasileira Petrobrás, sendo a primeira condenação do ex-presidente no processo Lava Jato.

Os portugueses gostam muito de sofrer com os heróis dos descamisados, mesmo que sejam bandidos. Roubar aos ricos, nem lhes parece mal.

 

Novela 2 - Letizia

A outra novela que move os portugueses é o vídeo de Espanha em que se vê a Rainha Letizia a impedir (de forma irritante) que as suas filhas tirem uma fotografia com a avó, a Rainha emérita Dona Sofia. Os espanhóis não gostaram da forma como a Rainha de Espanha tratou Dona Sofia, a monarca emérita, à saída da Missa de Páscoa, em Palma de Maiorca. Mas não são só os espanhóis, não há português que não esteja irritado com a Rainha de Espanha por causa da sua pouca educada atitude para com uma Senhora mais velha.

Aquilo pareceu-me uma ciumeira da Rainha Letizia face à sogra. Claro que se os espanhóis dizem mata, os portugueses dizem esfola. Vivem a novela como se Letizia fosse Rainha também de Portugal (os portugueses não ligam nenhuma à família real portuguesa, mas vibram com a espanhola). Claro que sendo a Letizia plebeia e tendo vindo de uma família mais pobre, o seu gesto é aproveitado para a menorizar.

É para mim mais do que óbvio que aquela cena de Letizia a pôr-se à frente das filhas para não deixar a avó tirar uma fotografia com as netas, não tem nada a ver com o seu background social. Já vi cenas de igual nível em pessoas de todos os meios. Mas claro as pessoas  aproveitam as suas circunstâncias para a menorizar. Foi malcriada? Foi. Mas quem diz que se tivesse nascido condessa, não podia perfeitamente, em situação de irritação, fazer o mesmo? O que não falta para aí são pessoas a perder as estribeiras e a ter atitudes grotescas com outras que não gostam, não querem gostar ou deixaram de gostar. Nem tudo é determinado pelo estatuto social.

Ironia: os portugueses adoram o filho do povo Lula, mas odeiam a filha do povo Letizia. Conclusão. Uma mulher que ascende socialmente é imperdoável. Um homem que ascende socialmente é um herói. Pode até dar-se ao luxo de ser corrupto. "Rouba mas faz", diz a voz popular.

E ainda vêm com igualdade de género e outras ideias feministas. Poupem-me.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:54

Ouvido de relance

por Maria Teixeira Alves, em 01.04.18

Oh que mundo este que o mérito envenena quem o detém

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:00

As reformas da esquerda

por Maria Teixeira Alves, em 30.03.18

Image-1.jpg

 O Governo desta geringonça de esquerda não é tido como muito reformista. Os governos reformistas foram, quase sempre, de direita e foi durante os governos de direita que se fizeram a maior partes das grandes reformas (como por exemplo a reforma fiscal de Cadilhe com a criação do IRC e IRS). 

Mas ao atual Governo não faltam as chamadas reformas "gauche", como este disparate, que faz capa do Expresso desta semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:22

transferir.jpg

 

Ainda me lembro do que os partidos de esquerda disseram quando as entidades estatísticas competentes vieram dizer que o défice das administrações públicas em 2015 foi de 4,4% (7.893 milhões de euros), por causa da operação de resolução do Banif que provocou um agravamento do défice de 1,4% do PIB em 2015, mais do que o inicialmente estimado que apontava para 1,2% a 1,25% do Produto Interno Bruto (PIB). E que por isso nesse ano Portugal terá fechado o ano nos 4,4%, um número pior do que inicialmente esperado. Isto com a resolução do Banif a contribuir para este desfecho.

"O anterior governo PSD/CDS “mais uma vez não cumpriu os objectivos do défice que se propunha atingir, apesar de todos os sacrifícios impostos aos portugueses”, algo que aconteceu “sem surpresa”, apregoaram.

Agora a recapitalização da CGD eleva défice de 2017 para 3% e a esquerda vira-se (e o Ministro das Finanças que é Presidente do Eurogrupo, pasme-se, veio dizer que o Eurostat estava errado) contra o gabinete de estatística. 

Os 3.944 milhões de euros que foram injectados no banco público serão totalmente reflectidos no défice do ano passado, elevando-o para 3% do PIB. É um erro, diz a esquerda.

A esquerda o que diz? Diz que se excluirmos esse efeito o défice foi de 0,9%, abaixo da meta do Governo revista em Outubro que apontava para 1,4% de défice. Agora já conta o argumento que antes não contava para o Governo de Pedro Passos Coelho. Os contributos one-off já não são importantes

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:30

Ele merece o nome de uma rua...

por António Canavarro, em 26.03.18

 

Morreu o Manuel Reis, e com a sua morte morreu uma certa forma de se estar e de sentir a cidade de Lisboa. Foi graças à sua visão que ele tornou um bairro decrépito, o velho Bairro Alto, num dos locais “in” da Lisboa dos anos 80.

O Frágil por ele criado, era um marco desta cidade que, após a queda do velho império, abraçava o seu novo destino, a Europa.

Mais tarde, e como o “Bairro” havia cumprido a sua função, Manel Reis abraça um novo desafio, tornado uma zona de chegadas e de partidas, condenada ao esquecimento e à estiva, Santa Apolónia, num dos locais sagrados da noite alfacinha na viragem do século. O Lux Frágil e a Bica do Sapato são criações absolutamente únicas, e que ajudaram Lisboa a ganhar um “certo” cosmopolitismo, tornando-a numa cidade referência na velha Europa.

O Manel, como um universo perfeitamente único, e exclusivo, bem que merece o nome de uma rua.

Se fizerem uma petição eu serei um dos signatários.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:15

A caminho da prisão

por António Canavarro, em 25.03.18

 

Já sabem o que escrevi aqui sobre a independência da Catalunha, da reacção de Madrid e o que penso sobre tudo isto, sublinhando a ideia que o futuro da Europa tem que passar por um modelo federalista, baseado numa Europa de Nações. No entanto, e como devo ser realista, este cenário é na actual conjuntura inexequível. O modelo europeu é o inverso, é o modelo que agrada a Madrid como aos demais países compósitos que ganharam forma no século XIX.

Hoje, Carles Puigdemont, acusado de rebelião pela justiça espanhola e alvo de um mandado de captura europeu, foi preso na Alemanha. Se é certo que este foragido tem conseguido não ser entregue à justiça espanhola, estou convencido, e pelas razões supra referidas, que brevemente ele irá para o cárcere, como reclamam os madrilenos.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:17

Do silêncio

por António Canavarro, em 21.03.18

Fruto dos tempos que se vivem, encontrei esta frase do irlandês George Bernard Shaw (1856-1950) que transpira actualidade: "Acredito na disciplina do silêncio... - E poderia falar durante horas sobre o assunto".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:25



Bloggers convidados

António Canavarro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •