Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Queremos ser governados por um 'connoisseur'

por Maria Teixeira Alves, em 30.09.10

Ás vezes oiço o primeiro ministro falar, e não vejo qualquer diferença entre ele e um qualquer opinion maker que sabe tudo pela rama. Nunca ouvi o Sócrates a dizer qualquer coisa de substancial, nunca se revelou um 'connoisseur´.

 

Naquele homem não nasce uma ideia. É um porta-voz, mais nada!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:50

A era Sócrates!

por Maria Teixeira Alves, em 29.09.10

Meses depois de um agravamento do IRS e da subida do IVA para os três escalões em 1 ponto percentual, depois do falhanço do PEC II, eis a nova artilharia:

 

Salários dos funcionários públicos acima de 1.500 euros brutos sofrem corte em 2011 e a manter-se a partir de 2011 (aqui divergem Teixeira dos Santos e Sócrates). Mas pelo sim, pelo não confiem no Ministro das Finanças.

 

Aqui, estão incluídos órgãos de soberania e da Administração Pública, institutos públicos, entidades reguladoras e empresas públicas.  Incidirá sobre o total de salários e todas as remunerações acessórias dos trabalhadores, independentemente da natureza do seu vínculo . Para vencimentos brutos entre 1.500 e 2.000 euros a redução é de 3,5%. Para salários superiores o corte pode chegar aos 10%. 

  

Congelam as contratações. 

  

Reduzem as ajudas de custo, as horas extraordinárias e a acumulação de funções, eliminando a acumulação de vencimentos públicos com pensões do sistema público de aposentação.

 

Pensões e a progressão na carreira da Função Pública serão congeladas durante um ano.

 

Eliminação do abono de família para os escalões de rendimentos mais elevados.

 

Aumento do IVA para 23%

 

A redução da despesa fiscal será ainda realizada através "da fixação de um tecto global para as deduções e benefícios fiscais". [ Revisão das deduções à colecta do IRS (já previsto no PEC); convergência da tributação dos rendimentos da categoria H com regime de tributação da categoria A (já previsto no PEC)];

 

Reduzem as despesas no âmbito do Serviço Nacional de Saúde, nomeadamente com medicamentos e meios complementares de diagnóstico;

 

Reduzem os encargos da ADSE;

 

Será ainda criado "um novo imposto sobre o sector financeiro". Ninguém sabe de quanto.

 

Aumentam as taxas em vários serviços públicos designadamente nos sectores da justiça e da administração interna;

 

 Aumentam em 1 p.p. a contribuição dos trabalhadores para a CGA

 

Governo anuncia ainda que a PT estuda transferência do fundo de pensões (1.844 milhões) para o Estado, parece-me que esta receita extraordinária vai ser para pagar os dois submarinos contratados em 2009!!:

 

 

Teixeira dos Santos confirma: "a possível transferência do fundo de pensões da PT para o Estado irá permitir "cobrir a baixa execução das receitas não fiscais e os custos pela aquisição de dois submarinos contratados em 2009”. A receita gerada será inscrita na execução orçamental deste ano".

 

  

Vá lá:

 

 

Prometem extinguir/fundir organismos da Administração Pública directa e indirecta; 

 

 Reduzem em 20% as despesas com a frota automóvel do Estado; 

 

 Reduzem as despesas com indemnizações compensatórias e subsídios às empresas;

 

 Reorganizem e racionalizam o Sector Empresarial do Estado reduzindo o número de entidades e o número de cargos dirigentes.

 

 Congelam o investimento público

 

  

FALTA:

 

O Estado anunciar que vai cortar os honorários milionários dos advogados e outros consultores, e se vai acabar com beneficios fiscais às fundações.

 

 

Posto isto, este  é um Orçamento à FMI.... Aí vem agora a outra face da moeda: a recessão.

 

 

O PIB desce, a dívida não desce, e assim aumenta a dívida pública sobre o que produzimos....

 

 

Vem aí a pobreza e os problemas sociais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:07

The best Calvin and Hobbes quote

por Maria Teixeira Alves, em 28.09.10

 

   Reality continues to ruin my life.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:58

Somos um país rico!

por Maria Teixeira Alves, em 28.09.10

Portugal a caminho de ter o IVA mais alto da zona Euro

 

Se acabar por ter de seguir os avisos da OCDE então Portugal fica com um IVA ao nível da Finlândia!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:58

Iggy Pop - Candy

por Maria Teixeira Alves, em 24.09.10

I´ve had a hole in my heart for so long....

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38

Depois da notícia do Correio da Manhã: "este ano já foram substituídas 34 viaturas de alta cilindrada nas empresas do grupo Águas de Portugal, que têm cerca de 400 automóveis topo de gama à disposição". Eis que o Governo: "ordena suspensão imediata da renovação da frota automóvel do Grupo Águas de Portugal".

 

O Estado tem de vender tudo. Tem de sair de tudo e limitar-se a subsidiar os necessitados.

Tem de vender a CGD; o Metro; a CP; a Águas de Portugal; a Lusa; a RTP; Estradas de Portugal; CTT; sair da PT; da Galp; da EDP; da REN. O Estado não pode andar a pagar ordenados e a financiar estas empresas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:22

Somos todos cineastas mentais

por Maria Teixeira Alves, em 24.09.10

«Somos todos cineastas mentais». A frase é do inteligente neurocientista António Damásio. A quem eu devo os argumentos para o que sempre soube: tudo o que se passa na nossa mente passa-se no nosso corpo. O corpo e o cérebro são um só, são indissociáveeis. O que deita por terra as teorias da racionalidade por oposição às emoções.

Tudo está no cérebro, mesmo os sentimentos. E estando no cérebro está no corpo. Não há instinto por oposição à razão. É tudo a mesma coisa, faces da mesma moeda. É tudo memória emocional.

António Damásio está aí com mais um livro para ler: O Livro da Consciência, e diz que a maior novidade que traz é o que diz "sobre o tronco cerebral e sobre a fusão, literalmente, do corpo e do cérebro, que são as duas caras da mesma moeda".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:07

Abaixo os gestores de marketing

por Maria Teixeira Alves, em 23.09.10

Sócrates acha que o problema do país e a crise soberana é uma questão de marketing! Por isso acha que o problema se resolve enviando mensagens optimistas aos mercados.

Assim temos sempre um ridículo porta-voz a falar no estrangeiro de um país imaginário....

Abaixo a tirania do marketing!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:56

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:54

Assim se vê a força do ....

por Maria Teixeira Alves, em 21.09.10

 

Nunca partilhei da indignação em relação aos ordenados dos gestores. Pois acho que cada um deve ganhar em função do seu mérito intelectual e dos riscos que corre. E por isso se um gestor é bom, deve ser bem pago. Ponto final.

Mas sempre achei que muitos chefes é sinal de má gestão e há muitos chefes nas empresas públicas. Não só o Estado tem empresas a mais, que não devia ter, como em cada uma há muitos lugares de chefia...

Perante esta constatação, há outra coisa que não consigo perceber: havendo tantos lugares de chefia para preencher pelo Governo, para que precisam ainda das empresas privadas para lá porem os "camaradas". Notícia de hoje: Armando Vara é o presidente do Conselho de Administração da cimenteira Camargo Corrêa para África. Camargo aquela que comprou um terço da Cimpor.

Jorge Coelho na Mota Engil; Castro Guerra na Cimpor; Mário Lino que acabou no conselho fiscal dos seguros da CGD, depois de andar a ser impingido ora para a REN, ora para a Cimpor.

Não fiz uma investigação exaustiva, mas parece sair daqui que o Governo tem uma preocupação: diminuir o desemprego dos seus aliados.

Talvez isso explique estas afirmações de hoje da oposição:

 

A CP - Comboios de Portugal tem, "em média, um chefe por cada 16
funcionários, com uma massa salarial média que atinge os 3500 euros
por cada um destes chefes -- e os chefes são 186".

 

"Já sabíamos o que se passava na TAP, porque essa informação foi
dada ao Parlamento, também ao PSD: 171 chefes, com uma média mensal
de 4400 euros. E também sabemos o que se passa na REFER: 158 chefes,
com uma massa salarial média de 6316 euros".

 

A boa notícia é que há muito para cortar na despesa pública. Força com a tesoura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:28

Pág. 1/3




Bloggers convidados

António Canavarro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •