Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Morreu José Manuel de Mello

por Maria Teixeira Alves, em 16.09.09

 

Com aquele aguçado sentido do pragmatismo que sempre caracteriza os “fazedores”, e com a tenacidade que deve ter herdado do seu avô Alfredo da Silva, levou uma vida a trabalhar para erguer, solidificar e impor um grupo económico ....

 

Morreu o patrão da CUF, a seu tempo a maior empresa da Europa.

 

Porque o tempo é o único bem que não se pode comprar, fica o seu nome na história económica do nosso país.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:10

Além do Bem e do Mal

por Maria Teixeira Alves, em 04.09.09
Aquele que luta com monstros deve acautelar-se; para não se tornar também um monstro. Quando se olha muito tempo para o abismo, o abismo olha fica a para nós. - Friedrich Wilhelm Nietzsche, "Além do Bem e do Mal"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:15

A visão do belo, ainda que rápida, é um prazer eterno

por Maria Teixeira Alves, em 04.09.09
"A thing of beauty is a joy forever", dizia John Keats

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:09

Pedro Mexia sobre o livro da Fátima Lopes

por Maria Teixeira Alves, em 04.09.09
Pedro Mexia sobre a biblioteca fútil. Desta vez: O livro da apresentadora Fátima Lopes, que já vendeu 100 mil. "É assim apresentado numa badana: 'Há o sofrimento, a paixão, o carinho, a alegria e a dor, a cumplicidade e o respeito, experiências boas e relações falhadas, escolhas e caminhos cruzados'. Parece um post no frigorífico: 'Não há margarina, óleo, papel higiénico, espuma de barbear, iogurtes de pêssego'

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:06

O elogio do provincianismo

por Maria Teixeira Alves, em 04.09.09

No outro dia alguém me disse que eu era uma pessoa 'old fashion', e apeteceu-me dizer-lhe que o provincianismo nos costumes, pode muito bem ser uma virtude, desde que se seja vanguardista na cultura e nas ideias. Ao contrário o mundo (o português, essencialmente) é moderno nos costumes e nas práticas, e muito provinciano na cultura... passou tudo dos Maias, empurrado à força no secundário, para os "Códigos de Da Vinci" e os "O Segredo".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:58

Diário de Kafka, 2 de Agosto de 1914

por Maria Teixeira Alves, em 04.09.09
"Alemanha declarou guerra à Rússia. À tarde fui nadar".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:57

No frente a frente entre José Sócrates e Paulo Portas ficou patente que: Sócrates e Portas são fiéis seguidores da demagogia.
Cada ideia apresentada em confronto é na prática um silogismo (para quem não se lembra das aulas de filosofia, tratam-se de duas premissas verdadeiras que juntas dão um conclusão falsa, mas que ilude).
Sócrates ao fim de uma legislatura em que cultivou o primado das aparências, veio finalmente dizer que Portugal tem de apostar na cultura. Uma verdade, mas que na cabeça de Sócrates não passa de mais um chavão.
Apostar na cultura não pode estar separado de um profunda reforma na educação. Apostar na cultura não é só abrir museus ou pôr mágicos na rua. Apostar na cultura é pôr nos programas escolares, desde a primária até ao secundário, disciplinas obrigatórias como história de arte; filosofia; história da música clássica; literatura nacional e internacional, etc. É preciso pôr a cultura nas disciplinas curriculares, para que se crie uma nova geração com auto-estima, auto-confiança, com o sentido crítico necessário para se ser imune à leviandade, e à superficialidade das aparências, ao marketing político. É na falta de cultura que encontramos as razões de estarmos hoje numa ditadura do pensamento único. Ser cultos para ser livres.
Mas o Governo decidiu facilitar que os alunos passem de ano a todo o custo, não sei com que lógica, talvez seja em nome desta nova preocupação psicótica de não traumatizar as crianças. Mas os traumas são como o humor, ter não é o mesmo que quer ter.

A estrutura da educação hoje é uma estrutura para tarefeiros. A escola tende a banir disciplinas que não têm utilidade prática imediata, para favorecer as que dão instrumentos para realizar tarefas. É uma profunda miopia cultural que tende a atacar o país. Mas o que esperar de um homem (José Sócrates) que cita filmes medíocres, como "Sei o que fizeste no verão passado", um banal filme de terror de 1997?
Devemos à pobreza cultural os clichés que dominam a cabeças dos portugueses, e como o país é pequeno as ideias feitas propagam-se à velocidade da luz, sem questionar.

É por causa da falta de prática de pensar com profundidade que o mundo ocidental (sobretudo a Europa) se converte cada vez mais ao individualismo e às micro-utopias politicamente correctas.

Vivemos numa utopia narcísica, e o perigo dessas utopias narcísicas que por aí proliferam é que o homem é também fruto do meio, não consegue ser imune a ele. Como a natureza humana é feita para entregar amor, para se dar ao outro, para dar vida, em sociedades onde se altera esse paradigma criam-se psicoses, primeiro sociais e depois psicológicas. Mas isto dava para outro campo de discussão....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:39



Bloggers convidados

António Canavarro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Links

Blogs e Jornais que sigo

  •